wrapper

Breves

sexta, 02 fevereiro 2018 00:00

Santinho Pacheco apela a apoios para não deixar morrer a cestaria de Gonçalo Destaque

O deputado do PS Santinho Pacheco pediu, na passada quarta-feira, no Parlamento, “a valorização do interior”, começando pelas potencialidades dos seus recursos, como por exemplo a cestaria de Gonçalo, uma “arte antiga que entrou em decadência, aos poucos, com a morte do mundo rural”.

Gonçalo, a maior freguesia rural do concelho da Guarda, é uma “terra de artistas e artesãos de mãos hábeis no jeito de erguer os cestos”, lembrou o parlamentar. Para esta arte não ficar esquecida, o socialista defendeu que “os cesteiros precisam de diversificar a produção e a oferta, repensar novas formas de escoamento, novas formas de comercialização, preservar a marca autêntica da sua obra”.

“Mas para isso precisam de ajuda, de apoio institucional, de formação, de abrir portas cá dentro e lá fora”, alertou o deputado, dirigindo-se a todas as bancadas.

“Ainda vamos a tempo de recuperar, se todos quisermos, a nível local, a nível municipal, a nível governamental”, afirmou Santinho Pacheco, lembrando que “ainda há cesteiros em Gonçalo”.

O deputado socialista frisou que “o país mudou muito nos últimos anos”, sendo esta mudança “uma oportunidade e um desafio para Gonçalo e para as novas gerações” da freguesia.

“O interior não pode continuar adiado e esquecido”, asseverou.

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Estamos na época natalícia e, dentro desse ...

Joaquim Pimentel

Dezembro corria veloz! O Natal e a festa da ...

Mário Branquinho

O governo que não fez nada no Distrito da Guarda ...

Manuel Miranda

Não me saía das recordações a exposição das ...

André Figueiredo

Atendendo ao que se tem visto temos que estar à ...

Estrela da Beira

Chegou o frio porém nós temos Música. Música essa ...