wrapper

Breves

terça, 06 fevereiro 2018 00:00

Seia entregou primeiros cartões da Rede Solidária do Medicamento  Destaque

Medida de apoio irá beneficiar, para já, meia centena de pessoas e terá uma duração previsível de 3 meses. 

A Câmara Municipal de Seia procedeu onde à tarde (5 de fevereiro) à entrega dos primeiros cartões da Rede Solidária do Medicamento, ao abrigo do programa protocolado com a Associação Dignitude que tem por objetivo auxiliar as pessoas afetadas com os incêndios na aquisição de medicamentos comparticipados. 

O acordo de colaboração estabelecido ao abrigo do Programa abem: Rede Solidária do Medicamento garante o acesso a medicamentos prescritos por receita médica, cobrindo, no receituário, o valor não comparticipado pelo Serviço Nacional de Saúde.

O valor não comparticipado será financiado em 50% pelo Município, sendo os restantes valores assegurados pelo Fundo Solidário abem, composto por uma rede de parcerias que assegura o circuito solidário do medicamento. 

O programa tem uma duração previsível de 3 meses e é desenvolvido, gerido e operacionalizado pela Associação Dignitude, ficando a cargo da autarquia senense a referenciação das pessoas que beneficiam desta medida de apoio. No total são, para já, 50 os beneficiários integrados no programa, a quem a autarquia já iniciou a entrega do cartão que lhes permitirá adquirir livremente os medicamentos em qualquer farmácia aderente, no concelho de Seia.

O programa de emergência social pretende atenuar o impacto que os incêndios provocaram no quotidiano e vida das pessoas, privando-as de bens materiais e muitas vezes da própria forma de sustento, e que assim voltam a reunir condições de acesso aos medicamentos de que necessitam.

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Os meses de fevereiro e março tiraram a Portugal e aos Portugueses a angústia duma seca severa que nem os mais otimistas acreditavam que voltasse a chover em Portugal. De facto, ao olharmos para todo o solo de Portugal, era desesperante vê-los ...

Joaquim Pimentel

Triste e lamentavelmente, perante a realidade da vida, que ninguém nos procure impingir a mentira de que a situação da Síria mexe com Assad, Trump, Putin, etc! Por mais razões que queiram invocar, a atitude destes “senhores” e de todos quantos a ...

Manuel Miranda

Mas tanta!... tanta gente de olhares em mim!... Eu sei que sou diferente… Que ando na vida para mim voltado, de todos os outros desencontrado!... Autista!… é o que de mim dizem. E outros que sou de perturbações do espectro do autismo. Outros ...

Estrela da Beira

A época das festas religiosas aproxima-se a passos largos. Estivemos novamente em Salamanca onde participámos na Procissão do Enterro (Sexta-feira Santa) e na Procissão do Encontro (Domingo de Páscoa) a convite da Cofradía de la Vera Cruz. É ótimo ...