wrapper

Breves

segunda, 19 março 2018 00:00

Seia recebe Jornadas Regionais da Infeção do VIH/SIDA Destaque

A Casa Municipal da Cultura DE Seia vai acolher, no próximo dia 22 de março, as Jornadas Regionais da Infeção do VIH / SIDA subordinadas à temática “Vida: direito à proteção e à decisão”. 

Promovidas pelo Núcleo da Beira Alta do Centro de Aconselhamento e Orientação de Jovens (CAOJ) de Coimbra, em estreita parceria com o Município de Seia e a Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda, as jornadas têm como principais objetivos, naquela que também é uma luta sem tréguas sobre a prevenção e o tratamento da SIDA, desmitificar assuntos e trazer a debate questões tão fundamentais para a vida como o acesso e os direitos à saúde.

As jornadas têm o início agendado para as 09h30 e contarão, na sua sessão de abertura, com a presença dos presidentes da Câmara Municipal de Seia, Filipe Camelo, do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde da Guarda, Isabel Cruz Antunes, do Conselho de Administração da Fundação Portuguesa “A Comunidade Contra a Sida”, Filomena Frazão de Aguiar, e do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Tondela-Viseu, Cílio Pereira Correia.

Como o próprio tema o indicia, o primeiro painel será dedicado à “Equidade no Acesso aos Cuidados de Saúde”, tendo como moderadora Maria Júlia Amaral, Presidente da Comissão de Ética para a Saúde. 

Sob este tema irão intervir Maria Luísa Mocho, Coordenadora da Unidade de Infeciologia do Centro Hospitalar Tondela-Viseu, e Nélio Veiga, Professor no Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa, com uma alusão à importância da saúde oral no paciente com VIH/SIDA. 

Seguem-se posteriormente duas apresentações da Fundação Portuguesa “A Comunidade Contra a SIDA”, a primeira sobre “solidariedade ou caridade?”, a cargo de Odete Costa, Coordenadora Nacional da luta contra a Pobreza e Exclusão Social na referida fundação, e a segunda sobre o contributo dos CAOJs em matéria de sexualidade e saúde, proferida por Paula Costa, do CAOJ de Coimbra.

O painel da tarde será centrado no tema “Ética, Direito e Medicina: da jurisprudência às práticas”, com a moderação de Alcides Monteiro, Professor da Universidade da Beira Interior. A primeira intervenção caberá à jurista Susana Ferreira e aluirá entre os direitos fundamentais e os direitos dos doentes, a que se seguirá Orquídea Lopes, Professora e Coordenadora do PES na Escola Secundária de Seia, com o tema “VIH / SIDA e os meios de comunicação”.

Ainda durante a tarde, Sérgio Viana, Psicólogo no Hospital de Seia, traz a debate o tema “Antes que a Vida o De(s)ida”, e o Enfermeiro Rui Venâncio, da Equipa Coordenadora de Cuidados Paliativos da ULS da Guarda, concluirá o leque de intervenções com uma abordagem aos “Cuidados Paliativos na ULSG: Onde, Como, Porquê?”.

A ação de formação de curta duração reconhece e certifica para efeitos de avaliação e progressão na carreira docente. 

As inscrições são gratuitas e estão abertas até ao dia 19 de março de 2018, para o endereço eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar., ou através do link: https://goo.gl/fjpZ2W.

Informações adicionais podem ser obtidas junto do Núcleo da Beira Alta do CAOJ de Coimbra, sediado em Seia, no edifício do Elo Comum, um local que congrega diversos serviços e projetos sociais do Município.

O Núcleo da Beira Alta do CAOJ de Coimbra integra a Delegação do Centro / CAOJ de Coimbra da Fundação Portuguesa “A Comunidade Contra a SIDA”. A Fundação foi constituída em 1993 como Instituição Privada de Solidariedade Social sem fins lucrativos. Esta tem como missão a mobilização da comunidade na luta contra a SIDA, intervindo quer na área preventiva, quer no apoio a seropositivos, doentes com sida e seus familiares. Tendo como política de ação a educação para a saúde e como meta a promoção da qualidade de vida, o objetivo geral que esta Fundação se propõe atingir é, fundamentalmente, reduzir o impacto do VIH/SIDA na comunidade portuguesa. 

 

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Os meses de fevereiro e março tiraram a Portugal e aos Portugueses a angústia duma seca severa que nem os mais otimistas acreditavam que voltasse a chover em Portugal. De facto, ao olharmos para todo o solo de Portugal, era desesperante vê-los ...

Joaquim Pimentel

Triste e lamentavelmente, perante a realidade da vida, que ninguém nos procure impingir a mentira de que a situação da Síria mexe com Assad, Trump, Putin, etc! Por mais razões que queiram invocar, a atitude destes “senhores” e de todos quantos a ...

Manuel Miranda

Mas tanta!... tanta gente de olhares em mim!... Eu sei que sou diferente… Que ando na vida para mim voltado, de todos os outros desencontrado!... Autista!… é o que de mim dizem. E outros que sou de perturbações do espectro do autismo. Outros ...

Estrela da Beira

A época das festas religiosas aproxima-se a passos largos. Estivemos novamente em Salamanca onde participámos na Procissão do Enterro (Sexta-feira Santa) e na Procissão do Encontro (Domingo de Páscoa) a convite da Cofradía de la Vera Cruz. É ótimo ...