wrapper

Breves

terça, 17 março 2015 00:00

Seia apaga as luzes pelo Planeta

À semelhança dos anos anteriores, o Município de Seia vai desligar as luzes de edifícios municipais durante a Hora do Planeta, entre as 20H30 e as 21H30, do dia 28 de Março de 2015, em associação à iniciativa.

O contributo de Seia para a maior ação deste género à escala mundial, enquanto ato simbólico de preocupação ambiental, refletir-se-á no apagar das luzes, durante 60 minutos, nos edifícios da Biblioteca Municipal, CISE – Centro de Interpretação da Serra da Estrela, Mercado Municipal e Paços do Concelho.

Hora de Portugal é uma iniciativa da organização global de conservação de natureza WWF – Hora do Planeta que procura incentivar cidadãos, empresas e governos a desligarem as luzes por uma hora, mostrando assim o seu apoio à luta contra as alterações climáticas.

A Câmara de Seia aderiu, pela primeira vez, à Hora do Planeta em 2011 e, desde então, todos os anos se tem associado à iniciativa, enquanto gesto simbólico representativo da consciencialização de um problema que é de todos: as alterações climáticas.

No âmbito da evolução da campanha Hora do Planeta e do conceito “Para além da Hora e Eu faço se tu Fizeres”, o município comprometeu-se, enquanto medida a operacionalizar deste ano, a alterar a iluminação de alto consumo por tecnologia LED no edifício do Mercado Municipal de Seia.

Neste âmbito e a par desta medida, a autarquia tem desenvolvido, ao longo dos tempos, um conjunto de boas práticas em matéria ambiental, de que constituem exemplos claros deste compromisso o programa Eco2SEIA: Low Carbon City (de resultaram as campanhas produto eco2SEIA, IPSS Baixo Carbono, campanha A+++), a operacionalização do Plano Municipal de Eficiência Energética e, mais recentemente, a adesão ao ClimAdapt, que tem como principal objetivo desenvolver Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas (EMAAC) para os 26 municípios aderentes.

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Estamos quase no fim do mês de dezembro de 2019 e a entrarmos no ano de 2020.

Joaquim Pimentel

A leitura que vou procurando fazer no dia-a-dia duma vida muito ocupada e com acrescidas preocupações, permite alargar os meus conhecimentos os quais, confesso, são limitados e dar conta do que se vai passando em meu redor. Não resisto, pois, a ...

Manuel Miranda

Natal. As notícias não deixam esquecer o Natal. As televisões mandam jornalistas para os grandes centros comerciais para registarem os entusiasmados, a azáfama das compras. 

Estrela da Beira

2019 está já a terminar. Foi um ano cheio de muitas surpresas, de muitas atividades e de mudança para a nossa banda.