wrapper

Breves

terça, 07 abril 2015 00:00

Fundação Aurora Borges promove Workshop Clínico - “A Dinâmica do ato Clínico em Neuropsicologia: O Diagnóstico Precoce e Diferencial na Demência”

A Fundação Aurora Borges, com o apoio do Município de Seia e Universidade Lusíada, vai promover, no próximo dia 24, das 9 às 13h, no Auditório da Casa Municipal da Cultura de Seia (Salão das Magnólias), um Workshop Clínico subordinado ao tema “A Dinâmica do ato Clínico em Neuropsicologia: O Diagnóstico Precoce e Diferencial na Demência”.  A entrada é gratuita.

 

De acordo com os Censos 2011, 20% da população Portuguesa apresenta no momento atual, idade igual ou superior a 65 anos.
Estima-se que em 2050 a população jovem represente apenas 21% da população total.

O aumento crescente e exponencial da população idosa em Portugal origina que o processo de envelhecimento traga consigo o aumento de patologias típicas do idoso, destacando-se o aumento de doenças crónicas, aumento da incidência de problemas de saúde mental (entre outras), culminando com o processo demencial (a patologia mais grave associada ao envelhecimento). Sendo comum a presença de comorbilidades de doenças no idoso com idade avançada, por vezes o diagnóstico precoce e preciso de uma tipologia de demência torna-se difícil, confusa e laboriosa, podendo dar origem a diagnósticos incorretos que poderão colocar em causa o processo de tratamento e evolução clinica do doente.
Neste âmbito, através de um conjunto de procedimentos clínicos da Neuropsicologia, podemos com elevado grau de precisão contribuir para o diagnóstico clínico de um determinado tipo de demência, efetuando, concomitantemente, o diagnóstico diferencial com outras condições clínicas típicas do envelhecimento.

Deste modo, o objetivo principal do workshop é dar a conhecer a dinâmica do ato clínico em neuropsicologia, bem como, a apresentação de um conjunto de métodos e técnicas clínicas baseadas na evidência clínica e científica que nos permitem contribuir para um diagnóstico clínico preciso de demência.

Como objetivos específicos, este workshop pretende dar a conhecer a abordagem Fenomenológica Luriana e sua relevância para a prática clínica em Neuropsicologia; promover a competência teórico-prática da metodologia Luriana e o seu significado clinico na realização do diagnóstico diferencial na demência e fomentar a análise clinica (baseada na evidência) do diagnóstico diferencial entre os principais síndromes neuropsiquiátricos e neuropsicológicos associados ao envelhecimento.

Com a duração de 4 horas, este Workshop Clínico destina-se a estudantes (Psicologia, Medicina, Enfermagem, Terapia ocupacional, psicomotricidade), Assistentes Sociais, Psicólogos, Médicos, Terapeutas da Fala, Terapeutas Ocupacionais, Enfermeiros, outros profissionais da área da saúde e população em geral.

Esta formação vai ser ministrada pelo Professor Doutor Jorge Costa, Psicólogo e Neuropsicólogo Clínico na Fundação Aurora Borges (Seia).
É Professor Auxiliar no Departamento de Psicologia e Educação da Universidade Lusíada do Porto; Investigador no Laboratório de Psicologia Experimental e Aplicada da Universidade de Aveiro; Colaborador do Programa de Avaliação e Reabilitação Neuropsicológica do West Gables Rehabilitation Hospital (Florida-USA).

O Professor Doutor Jorge Costa é, ainda, autor de diversos artigos científicos e capítulos de livros nacionais e internacionais sobre as temáticas de Neuropsicologia, Psicologia Clinica e Organizacional.

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Fazendo uma retrospetiva à vida humana, concluímos que só bastante tarde é que nos damos conta que os dias e anos andam tão rápidos que até parece mentira. Todavia, a longevidade que em jovens julgamos nunca lá chegar, rapidamente a atingimos, ...

Joaquim Pimentel

Alguns anos após o 25 de Abril, mais precisamente quando aquela casta de políticos que serviram Portugal e os portugueses com verdadeiro espirito de missão, no Governo ou no Parlamento – a Casa da Democracia – colocando os interesses do país e do ...

Manuel Miranda

São doentes aos milhares em situação de risco. São notícias de milhares de cirurgias adiadas. São doentes oncológicos em risco de vida com cirurgias urgentes adiadas.  Um reduzido grupo de enfermeiros consegue fazer adiar cirurgias nos hospitais ...

Estrela da Beira

No passado dia 23 de fevereiro a Sociedade Musical Estrela da Beira (SMEB) fez um concerto de apresentação do 1º CD intitulado “Contemplar”.  Este CD enaltece toda a dedicação que a SMEB tem vindo a colocar em prol da música filarmónica e da ...