wrapper

Breves

terça, 08 outubro 2019 00:00

Eleições legislativas: CP Seia do PSD fala em erro de estratégia na escolha de candidatos

Em comunicado enviado ao JSM, e após as eleições legislativas que ocorreram no passado domingo, a Comissão Política do PSD de Seia vem manifestar, publicamente, a “tristeza pelo resultado do PSD a nível nacional e distrital.”

Esta Comissão vem “reconhecer que não se ganham eleições a sondagens, mas sim aos adversários e que o PSD não atingiu os objetivos a que se propôs.” Refere que perderam votos e deputados.

Salienta, ainda, que “no Distrito, o PSD também sofreu uma derrota. E, curiosamente, perdeu em todos os Concelhos de onde os candidatos escolhidos para integrar as listas são naturais. Isto diz-nos que, claramente, houve erro na estratégia escolhida. E Seia não foi exceção.”

A Comissão de Seia do PSD fala, ainda, que, “contrariamente aos outros candidatos e por estratégia traçada pela Distrital, foi escolhida uma candidata não militante do PSD e que não é natural do Concelho, sem se ter na devida conta o parecer da Secção.”

Depois, “nestas eleições, que se disputavam em circunstâncias tão difíceis é certo que este tipo de estratégia, muito distante dos militantes só pode ter como consequência aumentar o risco de desmobilização dos militantes, que são o núcleo duro e a espinha dorsal de qualquer resultado. Foi o que aconteceu.”

A Comissão refere que sempre alertou para estes riscos e nunca deixou de “aconselhar e incentivar a Distrital a adotar o melhor rumo para o Distrito e para o Concelho.”

Ainda em comunicado, a Comissão refere que não são nem nunca foram divisionistas, nem fizeram questão, desde início deste processo, “em excluir ou descartar estratégias de outras estruturas.”

Em análise aos resultados, “os cidadãos do nosso Concelho não aprovaram as escolhas e as estratégias que foram feitas por quem decidiu sozinho. E naturalmente que a responsabilidade é de quem escolhe pessoas, traça estratégias e as leva até ao fim.”

O PSD de Seia diz ter entendido bem o que a população quer para o futuro do Concelho. “Não só aceitamos o recado que o povo quer dar ao PSD, como faremos tudo para corresponder às suas aspirações e anseios.”

“É tempo de trabalhar para o futuro do PSD e do Concelho”, conclui.

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Fazendo uma retrospetiva à vida humana, concluímos que só bastante tarde é que nos damos conta que os dias e anos andam tão rápidos que até parece mentira. Todavia, a longevidade que em jovens julgamos nunca lá chegar, rapidamente a atingimos, ...

Joaquim Pimentel

Alguns anos após o 25 de Abril, mais precisamente quando aquela casta de políticos que serviram Portugal e os portugueses com verdadeiro espirito de missão, no Governo ou no Parlamento – a Casa da Democracia – colocando os interesses do país e do ...

Manuel Miranda

São doentes aos milhares em situação de risco. São notícias de milhares de cirurgias adiadas. São doentes oncológicos em risco de vida com cirurgias urgentes adiadas.  Um reduzido grupo de enfermeiros consegue fazer adiar cirurgias nos hospitais ...

Estrela da Beira

No passado dia 23 de fevereiro a Sociedade Musical Estrela da Beira (SMEB) fez um concerto de apresentação do 1º CD intitulado “Contemplar”.  Este CD enaltece toda a dedicação que a SMEB tem vindo a colocar em prol da música filarmónica e da ...