wrapper

Breves

quinta, 28 maio 2020 00:00

Município de Seia incentiva criação de esplanadas no espaço público

O Município de Seia aprovou, na última reunião de Câmara, um conjunto de medidas favoráveis para a criação e ampliação de esplanadas, instigadoras da retoma progressiva da vida social e económica.

O objetivo é que os estabelecimentos de bebidas e restauração do concelho estendam a sua atividade para o espaço público, como compensação à restrição de lotação no interior do estabelecimento instituído pelo Governo e autoridades de saúde, devido à pandemia COVID-19.

Ultrapassada a fase de confinamento, a que esteve subjacente a suspensão e abrandamento da atividade comercial, há necessidade de rentabilizar o setor e a atividade turística e comercial do concelho, sem deixar de priorizar regras de segurança e de prevenção da doença por COVID-19, referiu na ocasião Carlos Filipe Camelo, Presidente da Câmara Municipal de Seia.

Assim, além da habitual isenção de taxas estabelecida para esta altura do ano, a autarquia deliberou autorizar, até ao final do ano, a colocação de esplanadas no espaço público, desde que não conflituam com as normas de segurança rodoviária e de circulação pedonal, nem com interesses particulares de outros.

A ocupação de passeios, estacionamentos, ruas e praças adjacentes pode ocorrer mesmo que as esplanadas não sejam confinantes com o estabelecimento, dependendo a sua aprovação da análise discricionária dos serviços do Município.

Para o efeito, a autarquia senense também irá suspender, temporariamente, o cumprimento do projeto tipo de esplanadas para Seia e São Romão, assim como o Regulamento de Horário de Funcionamento do Município, que permitia o horário até às 24h, até que a restrição de horário até às 23h seja levantada.

A ocupação do espaço público com esplanadas deve ser previamente requerida pelos comerciantes, sendo que os interessados devem instruir o processo no Balcão Único do Município para aprovação, sem que lhes seja imputado qualquer custo.

No pedido deve ser apresentada a planta de localização com a implantação da esplanada, bem como as respetivas áreas, disposição do mobiliário e materiais a utilizar, bem como autorizações da instalação em propriedades alheias.

Os espaços destinados às esplanadas devem cumprir as orientações de saúde e segurança emanadas pela Direção Geral de Saúde (espaçamento, lotação a 50%, higienizarão, etc) e ficar claramente demarcados, assegurando a segurança dos utilizadores do espaço, bem como de transeuntes.

 

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Estamos quase no fim do mês de dezembro de 2019 e a entrarmos no ano de 2020.

Joaquim Pimentel

A leitura que vou procurando fazer no dia-a-dia duma vida muito ocupada e com acrescidas preocupações, permite alargar os meus conhecimentos os quais, confesso, são limitados e dar conta do que se vai passando em meu redor. Não resisto, pois, a ...

Manuel Miranda

Natal. As notícias não deixam esquecer o Natal. As televisões mandam jornalistas para os grandes centros comerciais para registarem os entusiasmados, a azáfama das compras. 

Estrela da Beira

2019 está já a terminar. Foi um ano cheio de muitas surpresas, de muitas atividades e de mudança para a nossa banda.