wrapper

Breves

segunda, 07 janeiro 2019 00:00

Pista de atletismo do Estádio Municipal de Seia vai ser renovada Destaque

A Câmara Municipal viu aprovada a candidatura ao Programa “BEM – Beneficiação de Equipamentos Municipais”, na ordem dos 190 mil euros, referente à renovação da pista de Atletismo do Estádio Municipal de Seia, anunciou Filipe Camelo, Presidente da Câmara Municipal de Seia, em reunião quinzenal do executivo. 

O contrato-programa para a recuperação da pista de atletismo estabelece uma comparticipação financeira de 113.594,40€ e foi rubricado no passado dia 20 de dezembro, numa cerimónia que contou com a presença do Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, o Secretário de Estado da Valorização do Interior, João Paulo Catarino, e da Presidente da Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional (CCDR) do Centro, Ana Abrunhosa.

Para além de Seia, o programa abrange outras cinco autarquias da Região Centro (Almeida, Alvaiázere, Gouveia, Manteigas e Trancoso), que também receberão apoio financeiro para remodelar ou requalificar equipamentos municipais, em territórios de baixa densidade, no valor de 813 mil euros. 

Para o edil, a viabilização da proposta da recuperação da pista, intervenções necessárias e urgentes, permitirá qualificar a nossa pista de atletismo para a realização de provas oficiais, voltando a cumprir os requisitos da Associação Internacional das Federações de Atletismo, e garantirá neste concelho de interior a existência de uma infraestrutura desportiva digna e relevante para a afirmação de Seia no campo desportivo. 

As intervenções a realizar dotarão igualmente a pista das condições ideais para o treino do atletismo e outras modalidades associadas, nomeadamente para os dois clubes do concelho que disputam o Campeonato Nacional da 1ª Divisão (facto apenas igualado por Lisboa), beneficiando também a prática de atividade física dos munícipes, com mais de 10.000 utilizadores anuais.

Inaugurada em 2003, a pista de atletismo de Seia está inserida no Complexo Desportivo da Quinta da Nogueira, em conjunto com os campos de ténis e estádio municipal com relvado natural, e esteve homologada pela Federação Portuguesa de Atletismo até 2011, tendo durante este período sido utilizada constantemente para a realização de competições e treino.

As condições de utilização, mas em especial a exposição aos fatores climáticos da região, com temperaturas baixas (com gelo) no inverno e as temperaturas elevadas e exposição solar intensa do verão, levaram à degradação acelerada do pavimento, condicionando a utilização da infraestrutura para as várias modalidades, impedindo a sua utilização para a realização de provas desportivas oficiais. 

Além dos problemas visíveis de degradação de marcações e alguns danos superficiais, a pista apresenta problemas estruturais do pavimento que implicam a renovação parcial da camada superficial (tartan), acompanhando a candidatura a substituição de equipamentos da modalidade. 

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Estamos quase no fim do mês de dezembro de 2019 e a entrarmos no ano de 2020.

Joaquim Pimentel

A leitura que vou procurando fazer no dia-a-dia duma vida muito ocupada e com acrescidas preocupações, permite alargar os meus conhecimentos os quais, confesso, são limitados e dar conta do que se vai passando em meu redor. Não resisto, pois, a ...

Manuel Miranda

Natal. As notícias não deixam esquecer o Natal. As televisões mandam jornalistas para os grandes centros comerciais para registarem os entusiasmados, a azáfama das compras. 

Estrela da Beira

2019 está já a terminar. Foi um ano cheio de muitas surpresas, de muitas atividades e de mudança para a nossa banda.