wrapper

Breves

Voz da Solidariedade...

Um programa da Fundação Aurora Borges, de Santa Marinha, Seia, emitido semanalmente através da Antena Livre, 89.6 aos Sábados, das 13 às 14 e reposição aos Domingos das 10 às 11. Ouça aqui os programas...

quarta, 08 novembro 2017 00:00

Seia realiza ações de estabilização dos solos pós-incêndios

Intervenções decorrem na Mata do Desterro, no dia 18 de novembro, e estão abertas à participação de voluntários.

 

Os horizontes superficiais do solo, que são os mais sensíveis e produtivos, foram os mais afetados pelo incêndio, sendo que é essencial promover a sua proteção, por serem suscetíveis ao arrastamento por ação da escorrência superficial promovida pela chuva.

Neste contexto, tendo em vista a minimização de fenómenos de erosão, o Município de Seia, através do Serviço Municipal de Proteção Civil e do Centro de Interpretação da Serra da Estrela (CISE), vai promover duas ações para estabilização de encostas e criação de estruturas de retenção em linhas de água. 

Ambas as atividades estão agendadas para o dia 18 de novembro, uma durante a manhã, entre as 9h00 e as 12h00, e a outra da parte da tarde, entre as 13h30 e as 16h30, e estão abertas à participação de todos os que pretendam colaborar na mitigação desta tragédia, numa ação de voluntariado. 

As intervenções vão ter lugar numa área particularmente afetada pelos incêndios, na Mata do Desterro (Senhora do Desterro), e pretendem cumprir dois objetivos. O primeiro enquanto medida de emergência de proteção dos solos e conservação dos ecossistemas e o segundo enquanto medida de sensibilização, através da demonstração prática de como atuar em áreas ardidas, em particular nas zonas de maior declive, reforçando por outro lado a necessidade de conservação da floresta e proteção dos solos da erosão. 

Durante a ação serão desenvolvidas múltiplas intervenções, entre as quais a instalação de barreiras para controlar a erosão das encostas, com recurso a resíduos florestais e a troncos recolhidos no local, entre outros materiais. Neste âmbito, é aconselhado o uso de botas, agasalho, impermeável, luvas de trabalho, serrote e/ou tesoura de poda, bem como um pequeno lanche e água. 

A atividade está limitada a um máximo de 30 participantes, em cada uma das ações, e inclui seguro, sendo o transporte da responsabilidade dos participantes. O ponto de encontro será junto ao Coreto, na Senhora do Desterro.

Os interessados podem inscrever-se diretamente em https://goo.gl/FuoMPp ou no site da Câmara Municipal de Seia (www.cm-seia.pt).

 

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Até que enfim! O desagrado político que se viveu ...

Joaquim Pimentel

Há muito, muito tempo que uma esmagadora maioria ...

Mário Branquinho

O governo que não fez nada no Distrito da Guarda ...

Manuel Miranda

A Convenção da ONU para a Deficiência E os ...

André Figueiredo

Atendendo ao que se tem visto temos que estar à ...

Estrela da Beira

Chegou o frio porém nós temos Música. Música essa ...