wrapper

Breves

terça, 30 outubro 2018 00:00

Festa da Castanha: saberes e sabores de outono na Lapa dos Dinheiros Destaque

No dia 4 de novembro, a aldeia da Lapa dos Dinheiros acolhe mais uma edição da Festa da Castanha. Num verdadeiro espírito comunitário, a aldeia convida a conhecer os seus soutos, os saberes e sabores de outono mais típicos desta aldeia.

Com um papel preponderante na dieta da montanha, em tempos anteriores à cultura do milho e da batata, a castanha tem um especial significado nesta Aldeia de Montanha, pela abundância deste fruto nos 18,15 hectares de Castanheiros do Souto da Lapa dos Dinheiro - uma verdadeira reserva da árvore que, nos últimos dois mil anos, constituiu um eixo fundamental da vida serrana. 

É, pois, sobre este cenário que se inicia o programa de animação da Festa da Castanha. Atravessando grande parte do souto, logo pela manhã, os participantes são convidados para um passeio pela Rota da Caniça, um dos 14 percursos pedestres das Aldeias de Montanha. A partir das 11h, já no largo D. Dinis, abre o mercado de Sabores da Aldeia, com especial enfoque na castanha, a que se seguirá o tradicional almoço comunitário e, mais tarde, o magusto com caruma.

Neste ambiente festivo, com música e danças tradicionais, terá ainda lugar mais uma edição do concurso "Castanha Saberes e Sabores” um concurso da melhor iguaria feita com castanha, dirigido aos restaurantes, pastelarias e público em geral do concelho, valorizando este recurso endógeno, outrora de grande importância para a economia familiar, e a degustação da Sopa da aldeia (castanha com perdiz, shitakee e legumes da horta).

A Festa da Castanha é promovida pela União de Freguesias de Seia, São Romão e Lapa dos Dinheiros, o Centro Social da Lapa dos Dinheiros e Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha, contando ainda com o apoio do CISE - Centro de Interpretação da Serra da Estrela. 

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Os meses de fevereiro e março tiraram a Portugal e aos Portugueses a angústia duma seca severa que nem os mais otimistas acreditavam que voltasse a chover em Portugal. De facto, ao olharmos para todo o solo de Portugal, era desesperante vê-los ...

Joaquim Pimentel

Triste e lamentavelmente, perante a realidade da vida, que ninguém nos procure impingir a mentira de que a situação da Síria mexe com Assad, Trump, Putin, etc! Por mais razões que queiram invocar, a atitude destes “senhores” e de todos quantos a ...

Manuel Miranda

Mas tanta!... tanta gente de olhares em mim!... Eu sei que sou diferente… Que ando na vida para mim voltado, de todos os outros desencontrado!... Autista!… é o que de mim dizem. E outros que sou de perturbações do espectro do autismo. Outros ...

Estrela da Beira

A época das festas religiosas aproxima-se a passos largos. Estivemos novamente em Salamanca onde participámos na Procissão do Enterro (Sexta-feira Santa) e na Procissão do Encontro (Domingo de Páscoa) a convite da Cofradía de la Vera Cruz. É ótimo ...