wrapper

Breves

segunda, 08 julho 2019 00:00

35 novas ilhas ecológicas começam a ser instaladas em Seia e São Romão Destaque

A capacidade de Recolha Seletiva (reciclagem) no concelho de Seia está a ser substancialmente ampliada.

Até ao final de 2020, a rede passará dos atuais 141 para 268 ecopontos, através da colocação de 92 novos ecopontos de superfície e a implementação de 35 ilhas ecológicas, com contentores subterrâneos de resíduos valorizáveis e indiferenciados.

A instalação das 35 novas ilhas ecológicas iniciaram-se na semana passada e os trabalhos decorrerão nos próximos meses. A sua localização abrange as zonas de maior densidade populacional e, em alguns casos, está prevista já de acordo com projetos de obras de requalificação urbana a ocorrerem no futuro.

Entre as novas “ilhas ecológicas” instaladas em Seia e São Romão, 10 delas correspondem a um projeto piloto de PAYT (pay-as-you-throw). Trata-se de um sistema de taxação mais justo que pretende premiar os cidadãos que mais reciclam, pelo que serão otimizadas com tecnologia de controlo de acesso para utilizadores.

A par deste aumento de ecopontos, o Município de Seia tem desenvolvido ações de educação ambiental para a sensibilização e promoção da reciclagem junto da população, em especial nas escolas. Após a instalação dos novos equipamentos, juntamente com a Associação de Município da Região Planalto Beirão (AMRPB), serão promovidas novas ações porta a porta junto das famílias.

Esta aposta do Município de Seia pretende potenciar a capacidade de deposição de resíduos, requalificar espaços urbanos, melhorar a ocupação da via pública, reduzir os custos ao nível da recolha de resíduos e da manutenção dos equipamentos, com o objetivo de incrementar a taxa de reciclagem.

A intervenção surge na sequência de candidatura apresentada pelo Município de Seia e a AMRPB ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR), tendo um cofinanciamento de 85%.

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Estamos quase no fim do mês de dezembro de 2019 e a entrarmos no ano de 2020.

Joaquim Pimentel

A leitura que vou procurando fazer no dia-a-dia duma vida muito ocupada e com acrescidas preocupações, permite alargar os meus conhecimentos os quais, confesso, são limitados e dar conta do que se vai passando em meu redor. Não resisto, pois, a ...

Manuel Miranda

Natal. As notícias não deixam esquecer o Natal. As televisões mandam jornalistas para os grandes centros comerciais para registarem os entusiasmados, a azáfama das compras. 

Estrela da Beira

2019 está já a terminar. Foi um ano cheio de muitas surpresas, de muitas atividades e de mudança para a nossa banda.