wrapper

Breves

quinta, 05 setembro 2019 00:00

Filipe Camelo: "a melhor notícia que poderíamos receber esta semana e revela as potencialidades da nossa região" Destaque

Geoparque da Serra da Estrela reconhecido pela UNESCO

 

Carlos Filipe Camelo, presidente da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, destaca o “aumento do potencial turístico de uma zona onde o problema maior continua a ser o envelhecimento e o despovoamento da população”.

A candidatura da Serra da Estrela a Geopark Mundial foi aprovada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) durante a 4.ª Sessão do Conselho de Geoparks Mundiais, que se realizou esta semana em Gili, na Indonésia.

“Esta é, sem dúvida, a melhor notícia que poderíamos receber esta semana e revela as potencialidades da nossa região. A aprovação da UNESCO só foi possível graças a uma candidatura muito bem elaborada, que mereceu o envolvimento e empenho de todos os parceiros da Associação Geopark Estrela" afirma o presidente da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE), Carlos Filipe Camelo.

“Quatro anos depois, conseguimos ter ao nosso dispor uma ferramenta que constitui um ativo muito importante no âmbito da promoção turística da região, uma das competências da CIM-BSE” defende Carlos Camelo, que valoriza ainda “o aumento do potencial turístico de uma zona onde o problema maior continua a ser o envelhecimento e o despovoamento da população".

Depois da aprovação da UNESCO, a candidatura da Serra da Estrela apenas aguarda o parecer positivo do Conselho Executivo da agência das Nações Unidas

Sobre a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) é uma associação de âmbito territorial que visa a realização de interesses comuns aos municípios que a integram.

Inclui as unidades territoriais da Serra da Estrela, Beira Interior Norte e Cova da Beira e é composta pelos municípios de Almeida, de Belmonte, de Celorico da Beira, da Covilhã, de Figueira de Castelo Rodrigo, de Fornos de Algodres, do Fundão, da Guarda, de Gouveia, de Manteigas, da Mêda, de Pinhel, do Sabugal, de Seia e de Trancoso.

A CIM-BSE tem como missão potenciar e promover o desenvolvimento da região, otimizando e defendendo os interesses comuns dos municípios associados, por forma a reforçar a identidade conjunta da região.

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Fazendo uma retrospetiva à vida humana, concluímos que só bastante tarde é que nos damos conta que os dias e anos andam tão rápidos que até parece mentira. Todavia, a longevidade que em jovens julgamos nunca lá chegar, rapidamente a atingimos, ...

Joaquim Pimentel

Alguns anos após o 25 de Abril, mais precisamente quando aquela casta de políticos que serviram Portugal e os portugueses com verdadeiro espirito de missão, no Governo ou no Parlamento – a Casa da Democracia – colocando os interesses do país e do ...

Manuel Miranda

São doentes aos milhares em situação de risco. São notícias de milhares de cirurgias adiadas. São doentes oncológicos em risco de vida com cirurgias urgentes adiadas.  Um reduzido grupo de enfermeiros consegue fazer adiar cirurgias nos hospitais ...

Estrela da Beira

No passado dia 23 de fevereiro a Sociedade Musical Estrela da Beira (SMEB) fez um concerto de apresentação do 1º CD intitulado “Contemplar”.  Este CD enaltece toda a dedicação que a SMEB tem vindo a colocar em prol da música filarmónica e da ...