wrapper

Breves

quinta, 05 setembro 2019 00:00

Filipe Camelo: "a melhor notícia que poderíamos receber esta semana e revela as potencialidades da nossa região" Destaque

Geoparque da Serra da Estrela reconhecido pela UNESCO

 

Carlos Filipe Camelo, presidente da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, destaca o “aumento do potencial turístico de uma zona onde o problema maior continua a ser o envelhecimento e o despovoamento da população”.

A candidatura da Serra da Estrela a Geopark Mundial foi aprovada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) durante a 4.ª Sessão do Conselho de Geoparks Mundiais, que se realizou esta semana em Gili, na Indonésia.

“Esta é, sem dúvida, a melhor notícia que poderíamos receber esta semana e revela as potencialidades da nossa região. A aprovação da UNESCO só foi possível graças a uma candidatura muito bem elaborada, que mereceu o envolvimento e empenho de todos os parceiros da Associação Geopark Estrela" afirma o presidente da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE), Carlos Filipe Camelo.

“Quatro anos depois, conseguimos ter ao nosso dispor uma ferramenta que constitui um ativo muito importante no âmbito da promoção turística da região, uma das competências da CIM-BSE” defende Carlos Camelo, que valoriza ainda “o aumento do potencial turístico de uma zona onde o problema maior continua a ser o envelhecimento e o despovoamento da população".

Depois da aprovação da UNESCO, a candidatura da Serra da Estrela apenas aguarda o parecer positivo do Conselho Executivo da agência das Nações Unidas

Sobre a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) é uma associação de âmbito territorial que visa a realização de interesses comuns aos municípios que a integram.

Inclui as unidades territoriais da Serra da Estrela, Beira Interior Norte e Cova da Beira e é composta pelos municípios de Almeida, de Belmonte, de Celorico da Beira, da Covilhã, de Figueira de Castelo Rodrigo, de Fornos de Algodres, do Fundão, da Guarda, de Gouveia, de Manteigas, da Mêda, de Pinhel, do Sabugal, de Seia e de Trancoso.

A CIM-BSE tem como missão potenciar e promover o desenvolvimento da região, otimizando e defendendo os interesses comuns dos municípios associados, por forma a reforçar a identidade conjunta da região.

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Estamos quase no fim do mês de dezembro de 2019 e a entrarmos no ano de 2020.

Joaquim Pimentel

A leitura que vou procurando fazer no dia-a-dia duma vida muito ocupada e com acrescidas preocupações, permite alargar os meus conhecimentos os quais, confesso, são limitados e dar conta do que se vai passando em meu redor. Não resisto, pois, a ...

Manuel Miranda

Natal. As notícias não deixam esquecer o Natal. As televisões mandam jornalistas para os grandes centros comerciais para registarem os entusiasmados, a azáfama das compras. 

Estrela da Beira

2019 está já a terminar. Foi um ano cheio de muitas surpresas, de muitas atividades e de mudança para a nossa banda.