wrapper

Breves

Numa quadra festiva, como esta, a do Natal, o mundo católico e não católico, vive as alegrias desta Quadra.

Quase todas as famílias se deslocam dos seus lugares de trabalho para comerem a consoada com a família. São dias festivos, alegres e felizes para todos os que regressam às suas raízes; aos braços das mães, pais e irmãos. Na noite de Natal, hoje, felizmente, com as mesas cheias de iguarias, todos vibram de emoção por ver as famílias ou quase todas reunidas a viverem, também, a nostalgia de um ou outro familiar que já partiu para a eternidade.

Desde a nossa tenra idade, vivemos todo um passado em que se comia pão, mesmo assim, algum com bolor; as batatas com bacalhau (na altura conduto dos pobres) com um “chingo de azeite, por vezes pedido aos vizinhos... Dias difíceis, mas que foram ultrapassados com grande esforço e sacrifício dos nossos pais, que mesmo tendo pouco, não queriam que nos faltasse nada.

Os tempos evoluíram e, em cerca de 50 anos, a situação quase que mudou radicalmente.

O Menino Jesus foi substituído, em quase todas as casas, pelo Pai Natal. A luz da candeia foi substituída por milhões de luzes de todas as cores e, em vez de se venerar o Menino Jesus, símbolo da Alegria, da Unidade e Paz Universal, presta-se mais atenção às televisões com a perversão, como nunca se viu!

Vibremos com o Natal do Menino Jesus, aquele que veio ao Mundo para salvar a humanidade, deixando para trás os incrédulos e aqueles que fazem da orgia o seu reino.
Não vamos esquecer todos aqueles que não têm família, vivem e dormem ao relento e nada têm que comer.

É certo que nos dias de hoje já há Instituições e pessoas que vão dando alguns agasalhos e comida nestas alturas.

Está correto? Quanto a nós dizemos que sim! Mas apelamos e deixamos um apontamento da nossa tristeza. Será que o Natal não serão os 365 dias do ano ou só nesta altura é que é Natal?!

Feliz Natal com um abraço fraterno.

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Já está à venda nas bancas a edição Nº 565 do Jornal de Santa Marinha

 ASSINE ou RENOVE a ASSINATURA do Jornal de Santa Marinha. Contacte-nos!

Onde Comprar...

Pode comprar o Jornal de Santa Marinha assim como outros jornais e revistas nos seguintes estabelecimentos comerciais de Seia e São Romão:

---------------

Crisfal Papelaria (Rua Dr Simões Pereira 43) 

Casa Havaneza (Rua Dr Simões Pereira) 

Tutti-Frutti - Café Snack Bar (Av 1º de Maio, 14, Ed. Rodolfo) 

Porta Lápis - Livraria Papelaria Informática (Av 3 de Julho, A); 

Papelaria Oficina das Artes (Praça Comendador Joaquim F. Simões)

Seabra e Campos (Bombas BP); 

Shop Naf Seia (Galeria Comercial do Intermarché)

Livraria Papelaria Cafetaria Neves (R. Santo António, 1)

Eduardo Cabral

Estamos quase no fim do mês de dezembro de 2019 e a entrarmos no ano de 2020.

Joaquim Pimentel

A leitura que vou procurando fazer no dia-a-dia duma vida muito ocupada e com acrescidas preocupações, permite alargar os meus conhecimentos os quais, confesso, são limitados e dar conta do que se vai passando em meu redor. Não resisto, pois, a ...

Manuel Miranda

Natal. As notícias não deixam esquecer o Natal. As televisões mandam jornalistas para os grandes centros comerciais para registarem os entusiasmados, a azáfama das compras. 

Estrela da Beira

2019 está já a terminar. Foi um ano cheio de muitas surpresas, de muitas atividades e de mudança para a nossa banda.