Os tempos que se aproximam, devem levar os portugueses a refletir atentamente e até mesmo aqueles que acreditam e correm pela cor da sua camisola, são chamados a fazer um exame de consciência sem paixões doentias nem entusiasmos exacerbados.

Estamos a dez meses de eleições legislativas mas já não há ninguém nos partidos, especialmente dirigentes e responsáveis pelas máquinas de propaganda que não olhem para o seu umbigo para os interesses partidários e para os votos.

Continuar...Para os políticos...