wrapper

Breves

Neste espaço de tempo entre edições um ano novo chegou e, por isso, queremos, em primeiro lugar, desejar a todos sem exceção um ano de 2015 cheio de saúde, paz e concretizações. 

Continuando a abordagem aos instrumentos musicais apresentamos hoje o clarinete e o saxofone. 

O clarinete é um instrumento de sopro da classe de madeiras constituído por um tubo cilíndrico, chaves e uma palheta. Descendente do chalumeau (instrumento francês muito popular na Idade Média) surgiu em 1690 pelas mãos de Johann Christoph Denner após alterações aos chalumeau. Sessenta anos mais tarde foi introduzido na formação de orquestras, lugar que mantêm até hoje. Mozart foi o primeiro compositor a utilizá-lo numa sinfonia. 

Versátil quanto à altura dos sons atinge quatro registos que, comummente, pode designar por grave, médio, agudo e superagudo. Além disso, as possibilidades harmónicas, o grande controlo de dinâmicas, a agilidade e o seu poder sonoro fazem com que seja conhecido como o “violino das madeiras”. Possui várias variantes das quais o clarinete sopranino ou requinta, o clarinete alto, o clarinete baixo e o clarinete contralto.

O saxofone é também um instrumento de sopro palhetado. Patenteado em 1846 pelo belga Adolphe Sax é dos instrumentos que menos alterações sofreu desde a sua criação. Contrariamente é dos instrumentos com mais variantes: o saxofone sopranino, o saxofone soprano, o saxofone alto, o saxofone tenor, o saxofone barítono, o saxofone baixo e o saxofone contrabaixo. Destes, os mais usuais nas nossas filarmónicas são o saxofone soprano, o saxofone alto, o saxofone tenor e o saxofone barítono. O primeiro é o mais agudo dos quatros e tradicionalmente é constituído por um corpo reto; o segundo possui uma tessitura semelhante à viola e é o mais comum dos saxofones; o terceiro possui um registo médio grave; e, o quarto, ou seja, o saxofone barítono é o integrante mais grave deste quarteto. 

E com esta explicação terminamos, não sem antes, convidarmos novamente todos os nossos leitores a visitarem a página do Facebook da SMEB (SMEB Sta Marinha) a fim de escutarem alguns vídeos e complementarem o seu conhecimento sobre os instrumentos musicais.  

A todos, um bom mês de fevereiro e um Carnaval cheio de folia. 

Próximos serviços da banda:

1 de fevereiro: São Brás (Santa Marinha)

15 de fevereiro: Feira do Queijo (Seia)[/quote]

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Os meses de fevereiro e março tiraram a Portugal e aos Portugueses a angústia duma seca severa que nem os mais otimistas acreditavam que voltasse a chover em Portugal. De facto, ao olharmos para todo o solo de Portugal, era desesperante vê-los ...

Joaquim Pimentel

Triste e lamentavelmente, perante a realidade da vida, que ninguém nos procure impingir a mentira de que a situação da Síria mexe com Assad, Trump, Putin, etc! Por mais razões que queiram invocar, a atitude destes “senhores” e de todos quantos a ...

Manuel Miranda

Mas tanta!... tanta gente de olhares em mim!... Eu sei que sou diferente… Que ando na vida para mim voltado, de todos os outros desencontrado!... Autista!… é o que de mim dizem. E outros que sou de perturbações do espectro do autismo. Outros ...

Estrela da Beira

A época das festas religiosas aproxima-se a passos largos. Estivemos novamente em Salamanca onde participámos na Procissão do Enterro (Sexta-feira Santa) e na Procissão do Encontro (Domingo de Páscoa) a convite da Cofradía de la Vera Cruz. É ótimo ...