wrapper

Breves

sexta, 03 março 2017 00:00

Projecto de regeneração e reconversão urbanística na zona da Ribeira de Gouveia  

O Presidente da Junta de Freguesia de Gouveia, João Amaro, questionou algumas opções e prioridades a desenvolver na área da Ribeira/antiga Fábrica Bellino, na sequência da apresentação do projecto promovido pelo Município.

O autarca da Freguesia levou o tema à última reunião da Assembleia Municipal, começando por dizer que não põe em causa a regeneração e reabilitação daquela área, que sempre defendeu, mas que a mesma “não deveria limitar-se a ser, sobretudo, uma zona de fruição e de lazer, mas deveria constituir, também, uma componente importante no desenvolvimento local, sob pena de estarmos a criar mais um elefante branco com pesados custos de manutenção”.

Em concreto, João Amaro discorda que se tenha remetido para uma 2ª fase a recuperação e adaptação a Pavilhão Multiusos do principal edifício do complexo (que atualmente serve de estacionamento e onde se vão realizando alguns eventos, como a ExpoSerra).

“Há aqui um conflito entre o ex-Vereador Luís Tadeu e o atual Presidente Luís Tadeu”, disse João Amaro para vincar a mudança de opinião e de opções entre o que se previa em 2008 e o projecto que agora é apresentado, já que, naquela altura “vangloriava-se a intervenção nos Bellinos ao prometer-se o Pavilhão Multiusos e o Museu do Ar, entre outros e, agora, manifestamente as escolhas são outras, dando-se enfoque a um parque de desportos radicais e a incubadoras de empresas com a recuperação do edifício antigo que foi destelhado”.

Do mesmo modo, o Presidente da Junta de Gouveia, referiu que as intervenções na Rua da Cardia, Mercado e da Ribeira/Bellinos deviam obedecer a uma lógica de reabilitação integrada, com valências multidisciplinares e complementares”, pelo que considerou de difícil justificação “espaços e áreas disseminadas quer no Mercado, quer nos Bellinos para instalação de Start Ups ou incubadoras de empresas”.

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Os meses de fevereiro e março tiraram a Portugal e aos Portugueses a angústia duma seca severa que nem os mais otimistas acreditavam que voltasse a chover em Portugal. De facto, ao olharmos para todo o solo de Portugal, era desesperante vê-los ...

Joaquim Pimentel

Triste e lamentavelmente, perante a realidade da vida, que ninguém nos procure impingir a mentira de que a situação da Síria mexe com Assad, Trump, Putin, etc! Por mais razões que queiram invocar, a atitude destes “senhores” e de todos quantos a ...

Manuel Miranda

Mas tanta!... tanta gente de olhares em mim!... Eu sei que sou diferente… Que ando na vida para mim voltado, de todos os outros desencontrado!... Autista!… é o que de mim dizem. E outros que sou de perturbações do espectro do autismo. Outros ...

Estrela da Beira

A época das festas religiosas aproxima-se a passos largos. Estivemos novamente em Salamanca onde participámos na Procissão do Enterro (Sexta-feira Santa) e na Procissão do Encontro (Domingo de Páscoa) a convite da Cofradía de la Vera Cruz. É ótimo ...