wrapper

Breves

segunda, 05 fevereiro 2018 00:00

Visitas encenadas regressam à Guarda 

Depois do grande sucesso que foi a parceria entre o Clube Escape Livre e o então grupo Hereditas – atualmente associação - as visitas encenadas estão de regresso à cidade da Guarda. Este ano, além do molde de visita noturna que irá decorrer na última sexta-feira de cada mês, entre Maio e Outubro, estão já previstas duas “viagens no tempo” na sé catedral.

A parceria vai continuar e de forma alargada. Nos dias 24 de fevereiro e 24 de março, a Sé é palco de outras viagens que não só a religiosa. Pelas 22h00 em ambos os dias, a Associação Hereditas, com o apoio do Clube Escape Livre, conduz os visitantes por uma viagem no tempo entre 1390 e 1538, dando a conhecer a história da Construção e Consagração da Sé. Trata-se de uma visita guiada e encenada que aborda os diferentes períodos de História de Arte e principais personagens envolvidas neste processo. 

As visitas noturnas guiadas pelo centro histórico da Guarda vão também continuar. Na primeira sexta-feira de cada mês entre maio e outubro, a “Guarda Filipina” é o tema que conduz os visitantes pelas ruas e monumentos da cidade mis alta. Ao contrário do período medieval explorado em 2017, a visita incide agora sobre o período de 1580-1640, dando a conhecer personagens, a história e as estórias relevantes da cidade da Guarda. Em 2017 as seis visitas noturnas encenadas registaram um total de cerca de 500 visitantes.

Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre, não podia estar mais satisfeito com esta parceria: “No ano transato, através de um apoio direto ao então grupo Hereditas, cumprimos, de forma diferente, o papel de promoção e divulgação da Guarda, mas promovemos também o bom trabalho deste projeto ao ponto de se formalizar como associação e ainda avivámos o espírito de pertença das gentes da Guarda e do seu interesse pela história e pelo património. Por isso continuamos a apoiar estas iniciativas, desejando que o interesse dos guardenses e dos turistas seja renovado e que todos possam aprender mais, sempre com humor e boa disposição”.

Refira-se que a Associação Hereditas foi criada no final de 2017 e apresentada em janeiro deste ano. A associação dedica-se ao estudo, promoção e defesa do património local, realizando estas visitas como forma de divulgar o património e história. É composta por 12 elementos, entre arqueólogos, artistas na área plástica e performativa, investigação de arquivo e outros. 

Daniel Martins reforça a importância da parceria e da evolução para entidade oficial “Já somos associação muito graças ao apoio do Clube Escape Livre, que nos permitiu ganhar estrutura e experiência para criamos esta associação”. Sobre as visitas refere que “Esta parceria é fundamental para darmos a conhecer ao público em geral o trabalho que fazemos em arquivo e a nível arqueológico. A ideia é que a comunidade local e visitantes possam ter acesso à história de uma forma lúdica, sentindo-se envolvidos nesta aula ao ar livre, e sem nunca perder o rigor científico.” 

Os detalhes das duas visitas noturnas à Sé Catedral e das seis visitas ao centro histórico da Guarda serão brevemente divulgados.

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Estamos na época natalícia e, dentro desse ...

Joaquim Pimentel

Dezembro corria veloz! O Natal e a festa da ...

Mário Branquinho

O governo que não fez nada no Distrito da Guarda ...

Manuel Miranda

Não me saía das recordações a exposição das ...

André Figueiredo

Atendendo ao que se tem visto temos que estar à ...

Estrela da Beira

Chegou o frio porém nós temos Música. Música essa ...