wrapper

Breves

segunda, 03 fevereiro 2020 00:00

IP3 condicionado junto ao nó de Mortágua a partir do dia 6 de fevereiro Destaque

Este novo condicionamento surge no âmbito da empreitada de reabilitação do IP3, entre o nó de Penacova (quilómetro 59) e a ponte da Foz do Dão (quilómetro 75,16).

Infraestruturas de Portugal anunciou que o trânsito no Itinerário Principal (IP) 3 ficará condicionado junto ao nó de Mortágua, a partir do dia 6 de fevereiro, devido às obras de reabilitação em curso naquela via.

Em comunicado, a Infraestruturas de Portugal explica que, “entre os quilómetros 73,7 (nó de Mortágua) e 75,5, será suprimida a faixa da esquerda no sentido Viseu-Coimbra”, fazendo-se a circulação pela faixa direita (sentido Coimbra-Viseu).

“Prevê-se que o condicionamento tenha uma duração de quatro a cinco semanas”, acrescenta.

Segundo a Infraestruturas de Portugal, haverá “trabalhos de preparação do condicionamento a partir de hoje, dia 3”, mas que não interferirão na circulação.

Este novo condicionamento surge no âmbito da empreitada de reabilitação do IP3, entre o nó de Penacova (quilómetro 59) e a ponte da Foz do Dão (quilómetro 75,16).

A empreitada de requalificação deste troço de cerca de 16 quilómetros teve início em maio e tem um prazo de execução de 330 dias.

“Esta obra representa um investimento no valor de 11,8 milhões de euros no reforço das condições de circulação, mobilidade e segurança de uma das principais vias de ligação do interior do país”, recorda a Infraestruturas de Portugal.

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Eduardo Cabral

Estamos quase no fim do mês de dezembro de 2019 e a entrarmos no ano de 2020.

Joaquim Pimentel

A leitura que vou procurando fazer no dia-a-dia duma vida muito ocupada e com acrescidas preocupações, permite alargar os meus conhecimentos os quais, confesso, são limitados e dar conta do que se vai passando em meu redor. Não resisto, pois, a ...

Manuel Miranda

Natal. As notícias não deixam esquecer o Natal. As televisões mandam jornalistas para os grandes centros comerciais para registarem os entusiasmados, a azáfama das compras. 

Estrela da Beira

2019 está já a terminar. Foi um ano cheio de muitas surpresas, de muitas atividades e de mudança para a nossa banda.