wrapper

Breves

quarta, 19 outubro 2022 00:00

IPG entra na Rede Portuguesa das Universidades Promotoras de Saúde Destaque

Promover a literacia sobre saúde, a saúde no trabalho e o debate sobre saúde na comunidade académica são objetivos da nova rede académica em que o Politécnico da Guarda participa. “O IPG e a sua Escola Superior de Saúde têm o maior interesse em participar em projetos colaborativos e de troca de experiências, comparando modelos formativos e promovendo projetos científicos”, afirma Joaquim Brigas.

O Instituto Politécnico da Guarda – IPG é uma das instituições fundadoras da Rede Portuguesa das Universidades Promotoras de Saúde. A adesão foi formalizada no dia 10 de outubro em Coimbra, no Convento de S. Francisco.

Nessa ocasião a RIUPS – Rede Iberoamericana de Universidades Promotoras de Saúde – representada no congresso sobre ensino da saúde que decorria no mesmo Convento de S. Francisco – passou a considerar as instituições fundadoras da rede portuguesa membros da sua rede internacional transatlântica. 

As instituições signatárias da Rede Portuguesa das Universidades Promotoras de Saúde declaram-se empenhadas “em desempenhar um papel central na criação de uma cultura de promoção da saúde e da sustentabilidade ambiental” com vista à “evolução para uma sociedade mais saudável, solidária, sustentável, livre, justa e tolerante”. As universidades e politécnicos envolvidos vão procurar construir ambientes “pedagogicamente participativos e de diálogo construtivo”, preenchidos por momentos de “aprendizagem” e de “cultura e lazer”. 

“O Politécnico da Guarda e, em particular, a sua Escola Superior de Saúde têm o maior interesse em participar em projetos colaborativos e de troca de experiências como os desta rede, comparando modelos formativos e promovendo projetos científicos”, afirma Joaquim Brigas. “A entrada do Politécnico da Guarda nesta rede seguramente trará vantagens para a comunidade académica, particularmente da Escola Superior de Saúde, vantagens que poderão ir da participação de docentes em ações conjuntas até projetos de investigação desenvolvidos em parceria com outras universidades ou politécnicos portugueses, espanhóis ou latino-americanos”.

Serão criados grupos de especialistas

Na sua Carta de Intenções, as instituições de ensino superior signatárias comprometem-se a promover a literacia em saúde na sua comunidade académica e na sociedade. Comprometem-se também a promover a saúde no trabalho, “oferecendo à sua comunidade académica, independentemente da sua área de saber ou de estudo, formação e espaços de experimentação e debate que abordem a temática” da saúde.

As universidades e politécnicos propõem-se promover e apoiar o trabalho em rede entre si. Nesse sentido, irão ser criados grupos de especialistas que produzam e partilhem conhecimento na área de saúde entre as diferentes instituições. 

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

À venda, nas bancas, a edição Nº 585 do Jornal de Santa Marinha

ASSINE ou RENOVE a ASSINATURA do Jornal de Santa Marinha. Contacte-nos!

Onde Comprar...

Pode comprar o Jornal de Santa Marinha assim como outros jornais e revistas nos seguintes estabelecimentos comerciais de Seia e São Romão:

---------------

Crisfal Papelaria (Rua Dr Simões Pereira 43) 

Casa Havaneza (Rua Dr Simões Pereira) 

Tutti-Frutti - Café Snack Bar (Av 1º de Maio, 14, Ed. Rodolfo) 

Porta Lápis - Livraria Papelaria Informática (Av 3 de Julho, A); 

Papelaria Oficina das Artes (Praça Comendador Joaquim F. Simões)

Seabra e Campos (Bombas BP); 

Shop Naf Seia (Galeria Comercial do Intermarché)

Livraria Papelaria Cafetaria Neves (R. Santo António, 1)

Eduardo Cabral

Estamos quase no fim do mês de dezembro de 2019 e a entrarmos no ano de 2020.

Joaquim Pimentel

A leitura que vou procurando fazer no dia-a-dia duma vida muito ocupada e com acrescidas preocupações, permite alargar os meus conhecimentos os quais, confesso, são limitados e dar conta do que se vai passando em meu redor. Não resisto, pois, a ...

Manuel Miranda

Natal. As notícias não deixam esquecer o Natal. As televisões mandam jornalistas para os grandes centros comerciais para registarem os entusiasmados, a azáfama das compras. 

Estrela da Beira

2019 está já a terminar. Foi um ano cheio de muitas surpresas, de muitas atividades e de mudança para a nossa banda.