wrapper

Breves

quinta, 27 setembro 2018 00:00

CineEco Seia: Fogos e Preservação da Floresta em 1º Plano na Competição Lusofonia: Panorama Regional

São sete os filmes que se centram na discussão das questões ambientais e que afetam a área de proximidade do festival, que vão encerrar a 24ª edição do CineEco, Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela.

Recorde-se que esta Região ficou inevitavelmente marcada pelos incêndios dos últimos anos, e que levaram mesmo à suspensão temporária do CineEco após os trágicos acontecimentos de outubro de 2017. À edição deste ano, na categoria Lusofonia: Panorama Regional concorrem filmes cuja temática fulcral está centrada, precisamente, nos fogos e na preservação da floresta.

Trazendo para o primeiro plano a produção de documentários ligados ao território, a seleção deste ano do CineEco Seia contará assim com 15 Memórias do Fogo, de Rodrigo Oliveira e Tiago Cerveira, um olhar sobre o fogo de 15 de Outubro de 2017 no centro do país; Cinzas ao vento, de Paulo Fajardo, que retoma também as questões levantadas pelos incêndios florestais de 2017 e E tudo o fogo levou, de Paulo Leitão, igualmente um filme sobre o impacto da catástrofe em Oliveira do Hospital. Outros temas são abordados em Hoje, aqui e agora, de Luís Antero e Tiago Cerveira, dois artistas que se têm dedicado a documentar o tempo, os sons e as imagens das Beiras; Sentir a Estrela, de Tony Correia, uma viagem à Serra da Estrela, uma das mais emblemáticas serras do país; Sonho Perfeito, de Gabriel Ambrósio, num olhar sobre a água e a importância dos rios para as comunidades a eles ligadas ou Floresta Eterna, de Evgenia Emets, que reflete sobre assuntos como o desmatamento e a relação de Portugal com as suas florestas. 

Entre 13 e 20 de Outubro são mais de 80 de filmes aqueles que ocupam os dois Auditórios da Casa da Cultura de Seia, numa programação que incluí ainda workshops, concertos e conversas em torno de temas que marcam o ambiente e o planeta. A grande novidade deste ano será ainda o 1º Fórum Internacional de Festivais de Cinema Ambiental, uma iniciativa que pretende discutir a importância do cinema e dos festivais de temática ambiental para a valorização do tema. 

A par das secções competitivas, o CineEco Seia integrará ainda duas sessões dedicadas aos mais novos; uma conversa liderada por Fernanda Botelho sobre a viagem das plantas e seus usos tradicionais em Portugal e nos vários países da lusofonia; um concerto para Olhos Vendados, orquestrado por Luís Antero, workshops e ciclos expositivos. 

A programação completa poderá ser consultada em www.cineeco.pt.

O CineEco 2018 é organizado pelo Município de Seia e cumpre, este ano, a sua 24ª edição. É um dos festivais de cinema de ambiente mais antigos do mundo e membro fundador e da direção da Green Film Network, uma plataforma de 40 festivais de cinema ambiental.

 

Partilhar este artigo

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

À venda, nas bancas, a edição Nº 575 do Jornal de Santa Marinha

 ASSINE ou RENOVE a ASSINATURA do Jornal de Santa Marinha. Contacte-nos!

Onde Comprar...

Pode comprar o Jornal de Santa Marinha assim como outros jornais e revistas nos seguintes estabelecimentos comerciais de Seia e São Romão:

---------------

Crisfal Papelaria (Rua Dr Simões Pereira 43) 

Casa Havaneza (Rua Dr Simões Pereira) 

Tutti-Frutti - Café Snack Bar (Av 1º de Maio, 14, Ed. Rodolfo) 

Porta Lápis - Livraria Papelaria Informática (Av 3 de Julho, A); 

Papelaria Oficina das Artes (Praça Comendador Joaquim F. Simões)

Seabra e Campos (Bombas BP); 

Shop Naf Seia (Galeria Comercial do Intermarché)

Livraria Papelaria Cafetaria Neves (R. Santo António, 1)

Eduardo Cabral

Estamos quase no fim do mês de dezembro de 2019 e a entrarmos no ano de 2020.

Joaquim Pimentel

A leitura que vou procurando fazer no dia-a-dia duma vida muito ocupada e com acrescidas preocupações, permite alargar os meus conhecimentos os quais, confesso, são limitados e dar conta do que se vai passando em meu redor. Não resisto, pois, a ...

Manuel Miranda

Natal. As notícias não deixam esquecer o Natal. As televisões mandam jornalistas para os grandes centros comerciais para registarem os entusiasmados, a azáfama das compras. 

Estrela da Beira

2019 está já a terminar. Foi um ano cheio de muitas surpresas, de muitas atividades e de mudança para a nossa banda.